sexta-feira, 4 de abril de 2008

Curso On-Line

Curso on-line de Gestão de Projetos com o Prof. Luis Cesar Meneses realizado pela Catho.

Segue abaixo o link para maiores informações:

http://www.catho.com.br/cursos/index.php?p=info&id=525

Indicação de Livros

Série Gerenciamento de Projetos da Editora FGV é uma coletânea de 11 livros utilizada pela Fundação Getulio Vargas nos cursos de MBA em Gerencia de Projetos em todos o país, que agora também está disponivel no site: http://www.editora.fgv.br

Os 11 títulos da série são:
- Fundamentos de gerenciamento de projetos - Gestão de qualidade- Gerenciamento da comunicação em projetos- Gerenciamento de aquisições em projetos - Gerenciamentode custos em projetos- Gerenciamento de pessoas em projetos- Gerenciamento de riscos em projetos- Gerenciamento do escopo em projetos - Negociação e administração de conflitos - Gerenciamento do tempo em projetos- Viabilidade econômico-financeira de projetos

Esta coleção é indispensável para qualquer aluno de Gerenciamento de Projetos e traz os conceitos introdutórios dos principais aasuntos abordados neste curso.

Ferramentas Eletrônicas de Gerenciamento de Projetos

Dicas de como escolher

Conforme uma organização avança em maturidade em gerenciamento de projetos, é comum que o número de projetos e a necessidade de informações cada vez mais precisas também aumentem a mesma proporção. O que costumeiramente caracteriza esses ambientes multiprojetos?

  • Priorização
  • Decisões rápidas
  • Desafios nas alocações de recursos
  • Sobrecargas
  • Necessidade constante de monitoração entre projetos integrados


Em vista desse cenário, surgem as ferramentas eletrônicas de gerenciamento de projetos com o objetivo de auxiliar e prover de forma rápida e eficiente as informações necessárias para o correto controle e acompanhamento on-line do trabalho.

Funcionalidades desejáveis dessas ferramentas:

  • Controle eficaz e custos nos projetos: um controle rígido do orçamento e dos gastos reais;
  • Controle do progresso funcional dos projetos: acompanhamento do percentual funcional de cada projeto;
  • Gráficos comparativos de acompanhamento dos projetos: a criação gráfica de painéis de controle e gráficos de acompanhamento e controle em diversos formatos, tais como: curvas “S”, de barras, de colunas, dispersão, etc;
  • Gerenciamento de usuários, clientes, empresas e projetos: não há nada mais desagradável que bases de dados de clientes, projetos e empresas duplicadas;
  • Notificações de tarefas via e-mail: as tarefas de cada recurso do projeto devem ser informadas automaticamente através de notificações enviadas por e-mail para os recursos envolvidos;
  • Base de lições aprendidas (Lessons Learned): a base de conhecimento tem a função de registrar o que foi planejado, quais imprevistos ocorreram durante o projeto e como esses foram resolvidos;

Onde encontrar uma ferramenta que contemple essas e outras funcionalidades?


Uma fonte de referência constante é o Magic Quadrant for Project and Portfolio Management, 2004 do Gartner Group, onde se destaca cerca de 20 diferentes ferramentas, que podem ser consideradas como líderes de mercado. Porém, o site http://www.project-management-software.org destaca mais de 200 diferentes ferramentas, dentre as quais:


http://www.kmproject.com : O Km Project aumenta a qualidade da comunicação entre os membros;
http://www.copperproject.com : é uma ferramenta de colaboração e gerenciamento de projetos;
http://www.aceproject.com : plataforma web, e é uma das ferramentas mais completas e fáceis de usar da categoria;
http://www.riqtek.com : plataforma web, ajuada no gerenciamento de problemas complexo do clico de vida de um produto;
http://www.dotproject.net : framework – Open Souce de gerenciamento de projetos desenvolvido em ambiente web;
http://www.tracegp.com.br : solução nacional, com destaque para a certificação do controle de projetos com aderência a CMM, ITIL e COBIT.


Fonte: Revista MundoPM Número 01 – Ano 1

Alexandre Carvalho Lima

Por que os cronogramas "furam" ?

O tema é muito interessante, pois aborda um dos grandes desafios na Gestão de Projetos "Por que os cronogramas furam ?"

Prazos, planejamentos, atrasos, contingências de tempo, EAP, PDCA, e outros, são possíveis causas que comprometem os cronogramas dos projetos, deixando a equipe desguarnecida de uma ferramenta crucial para o sucesso almejado.

Portanto, adiciono um link logo abaixo, com o artigo de Aldo Dórea Mattos, M.Sc., que foi publicada na revista Mundo Project Management, para compartilhar com todos.

Alexandre Carvalho Lima

acesse: http://www.aldomattos.com/artigos/Por_Que_os_Cronogramas_Furam.pdf

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Calendário de Eventos - 2008

Cursos

Data: 7/4/2008
Curso: Preparatório para o Exame de Certificação PMP – MG (2ª Turma)
Local: MG
Mais Informações: http://www.pmimg.org.br/geral/VisualizarDestaque.aspx?Cod_destaque=562

Data: 14/4/2008 até 4/6/2008
Curso: Preparatório para Certificação PMP
Local: CE
Mais Informações: http://www.pmice.org.br/content/aplicacao/pmice/principal/enviados/eventos_detalhes.asp?nCodigoEvento=21

Data: 5/5/2008
Curso: Gerenciamento de Projetos Pleno - Planejamento e Controle- EAD
Local: RJ
Mais Informações: http://www.netpartner.com.br/pmi/cursos_pmi.asp

Data: 31/5/2008
Evento: Curso de preparatório para a certificação PMP
Local: RJ
Mais Informações: http://www.netpartner.com.br/pmi/cursos_pmi.asp

Data: 3/6/2008
Evento: Curso Gestão de Projetos (Teoria e Prática)
Local: RJ
Mais Informações: http://www.netpartner.com.br/pmi/cursos_pmi.asp


Seminários

Data: 10/5/2008
Evento: 2º Seminário sobre Gestão de Projetos de Software
Local: SP
Mais Informações: http://br-linux.org/2008/seminario-gestao-de-projetos-de-software-aborda-corrente-critica-engenharia-de-requisitos-openup-e-scrum/


Encontros

Data: 26/06/2008 e 27/06/2008
Evento: 6º Encontro Nacional de Gerenciamento de Projetos
Local: RJ
Mais Informações: http://www.pmimg.org.br/geral/VisualizarDestaque.aspx?Cod_destaque=562

Data: 26/9/2008
Evento: 1º Encontro Nacional de Gerenciamento de Projetos para Empreendimentos de Infra-Estrutura
Local: RJ
Mais Informações: http://www.netpartner.com.br/pmi/idx_eventos.asp?destaque=232

Data: 03/11/2008 e 4/11/2008
Evento: IV Encontro Anual de GP
Local: MG
Mais Informações: http://www.pmimg.org.br/geral/VisualizarDestaque.aspx?Cod_destaque=562


Congressos

Data: 11/08/2008 até 13/08/2008
Evento: PMI Global Congress Latin America de 2008
Local: SP
Mais Informações: http://www.pmi.org.br/joomla/index.php?option=com_content&task=view&id=28&Itemid=2


Outros Eventos

Data: 25/4/2008
Evento: 54º Happy Hour do PMI - SP
Local: SP
Mais Informações: http://www.pmisp.org.br/exe/eventos/ieweb_lista_eventos.asp

Data: 27/11/2008 e 28/11/2009
Evento: 5º Forum Nacional de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos
Local: RJ
Mais Informações: http://www.netpartner.com.br/pmi/idx_eventos.asp?destaque=232

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Liderança Sustentável

A sustentabilidade virou a palavra da moda. Em termos simples, podemos dizer que sustentabilidade é agir conscientemente no tempo presente não perdendo de vista nossa responsabilidade com gerações futuras.

No mundo atual, o capital sempre fala mais alto que o cuidado pela terra, o próximo e a ética. As trágicas conseqüências desta escolha capitalista já se fazem ouvir. Diante disto, alguns apreensivos pela assombrosa possibilidade de cessar seus lucros e outros pela mudança paradigmática quanto à responsabilidade socioambiental têm dirigido, ou procurado, dirigir suas ações para o desenvolvimento sustentável, agricultura sustentável, sustentabilidade do negócio. A seriedade com que alguns têm tratado o conceito de sustentabilidade é tão grande que há deles que não se limitam apenas a sua atividade interna e sua relação com os clientes, vão além, exigindo de seus fornecedores e parceiros comerciais a responsabilidade social, por entender que sem a mesma não há sustentabilidade. Por exemplo, o Banco Real, que prefere pagar mais caro, contudo só fecha com empresa de motoboys se a mesma registra seus funcionários. Por fim, constatou-se que há menos acidentes, maior fidelidade do empregado, redução no prazo da entrega e... já não custa mais caro para o banco. A mesma instituição financeira só financia projetos empresariais, isto é, só concede empréstimos, apenas se os mesmos forem aprovados do ponto de vista socioambiental. O que descobriram? Que quanto melhor é uma empresa em sua responsabilidade socioambiental, melhor é sua performance de crédito.

Ao observar o comportamento humano percebe-se que não é conhecimento, nem tradição, nem experiência que nos leva a fazer certo as coisas certas. É necessário decidir fazê-lo custe o que custar. E a sustentabilidade da liderança é uma questão de decisão. Dentre outros temas relevantes a esta sustentabilidade, como coach, trabalho em equipe, comunicação, confiança, hulmildade, espiritualidade, reconhecer suas vulnerabilidades, reconhecer suas limitações, ter postura correta diante das oposições e tantos outros eu escolhi falar do inverso, o esgotamento da liderança.

Uma liderança não sustentável caminha inevitavelmente para o esgotamento. Como também um esgotamento prolongado minará completamente sua liderança. Há líderes num ativismo insustentável, não sabem o que são férias, nem descanso; outros chegaram a um ponto de esgotamento que o que eles desejam é apenas a ociosidade sustentável - são líderes que já não frutificam - só sobrevive às custas de sua equipe. Situações como estas prenunciam sua breve demissão ou o fim de sua empresa.

Lutzer cita os quatro tipos de personalidades que o Dr David Congo relaciona como candidatos ao esgotamento, são pessoas:


  • Com grande necessidade de aprovação
  • Viciadas em trabalho
  • Vítimas passivas e sem opinião própria
  • Com “complexo de messias”


Não é difícil perceber que as quatro características citadas possuem em comum uma entrega sem limites, embora suas motivações possam ter explicações emocionais, psicológicas, sociológicas, filosóficas e teológicas diferentes. Se você deseja exercer uma liderança sustentável terá que reconhecer que você não é o “salvador do mundo”. Há líderes se auto-destruindo, estragando seu relacionamento conjugal, abandonando seus filhos aos cuidados de terceiros, por se julgar a solução para todos os problemas de sua empresa e de seus projetos, e que nada anda ou funciona corretamente se ele não estiver presente, acompanhando cada movimento de seus liderados; um monitoramento intimidador que leva a baixa produtividade ou geração de produtos/serviços insatisfatórios.

Workaholic, viciados em trabalho, possuem dificuldade em relaxar e descansar, sentem-se mal, muitas vezes culpados por tirar um final de semana para o descanso e lazer com a família. Férias, então, nem pensar, devido à insegurança de seu valor na equipe.

Os ansiosos pela aprovação como os sem opinião própria, por um tempo podem até tirar vantagem do que escreveu A W Tozer, a respeito da ilusão de nosso tempo, há pessoas que “aprenderam a igualar popularidade e excelência”, “e os mais barulhentos e notórios em seu meio como os melhores e maiores”. No entanto, por fim a busca de agradar a todos resultará inevitavelmente numa liderança sem alvo que aponta sua ausência de fundamento com conseqüente fracasso do projeto.

Esgotamento não se resolve com 15 ou 30 dias de férias. Tenha descanso regular e férias. Você verá que sua liderança renderá muito mais tanto na curva de produtividade, quanto na linha do tempo, porque você resolveu respeitar os limites que Deus impôs a você, motivo pelo qual Ele estabeleceu o princípio do descanso.

Indicação de artigo para leitura

Segue abaixo o link do artigo que achei interessante: "Os 7 passos do gerenciamento de projetos" do gerente de projetos especializado em TI, Fernando C. Barbi.

http://www.microsoft.com/brasil/msdn/Tecnologias/Carreira/GerencProjetos.mspx

O texto começa com: "O enxugamento dos quadros de pessoal e o aumento da necessidade de especialização técnica têm levado muitas empresas a recrutar no mercado profissionais por período determinado apenas para a execução de projetos específicos." e aborda de maneira bem didádica as principais etapas que o gerente de projetos atual deve seguir para desenvolver um projeto de qualidade e bem sucedido, dentro das expectativas de seu cliente. Abordando as etapas de: definição da metodologia, comunicação, escopo, recursos humanos, Cronograma, Gestão de Riscos e finalização do projeto; o autor nos apresenta uma visão interessante sobre o gerenciamenro de projetos na prática.

Indicação de Livro de Gerenciamento de Projetos

Projetos Brasileiros: Casos Reais de Gerenciamento. Autor: PAUL CAMPBELL DINSMORE,AMERICO PINTO,ADRIANE CAVALIERI, ET AL

'Este livro nasceu a partir de uma necessidade indiscutivel: disponibilizar para empresas, profissionais e estudantes referencias genuinamente brasileiras sobre casos empresariais em Gerenciamento de Projetos. Por isso, profissionais com competencia nacional e internacionalmente reconhecida nos deram a honra de colaborar na iniciativa de desenvolvimento deste livro, o qual reune diversos casos nacionais de sucesso e insucesso na área de projetos, para preencher uma importante lacuna do conhecimento.

Os casos apresentados neste livro representam um excelente instrumento para desenvolvimento e estudo, em especial: para professores de MBAs e pós-graduações, que passam a ter um vasto leque de experiencias nacionais documentadas para discussao e analise em conjunto com seus alunos; para estudantes de MBAs e pós-graduações, que terão a oportunidade de conhecer, analisar e discutir casos brasileiros; para pesquisadores na área de projetos que necessitam de referências locais para o desenvolvimento de seus trabalhos; para profissionais de empresas que entendem a importância da troca de experiências para o seu desenvolvimento. Propositadamente, os casos não são conclusivos, pelo menos em sua maioria.

Com o auxílio de questões presentes no final de cada caso, esperamos estimular a discussão sobre soluções alternativas para cada situação, colaborando para o desenvolvimento de um pensamento crítico e criativo para nossos estudantes e profissionais." fonte: www.submarino.com.br

Blog do GP